PCC-Proposta8.png
PCC-Proposta8.png
pcc_logo (1).gif
PCC-Proposta8.png
PCC-Proposta8.png

Aqui você encontra as respostas para as principais dúvidas para se inscrever no prêmio, mas lembre-se que é muito importante ler o edital na íntegra. Leu o edital e as perguntas mais frequentes e ainda assim está com dúvidas? Escreva para o e-mail contato@sampape.org

1. Quem pode participar?


Órgãos do poder público, por meio de seus representantes, inscrevendo projetos e iniciativas. Cada representante pode inscrever mais de um projeto ou iniciativa, sendo um por inscrição.




2. Quando serão as inscrições e anúncio das vencedoras?


As inscrições se iniciam no dia 01 de julho de 2021 e se encerram no dia 26 de julho de 2021, sendo que a divulgação dos projetos e iniciativas vencedoras acontecerá no dia 03 de agosto de 2021 durante a Semana do Caminhar 2021 por meio das redes sociais do SampaPé!.




3. Que projetos e iniciativas se enquadram na premiação?


Os projetos e iniciativas podem ter sido realizadas em qualquer cidade brasileira, sendo que as categorias correspondem às escalas de cidade: pequenas (até 100 mil habitantes), médias (100.001 a 800.000 habitantes) ou grandes (mais de 800.001 habitantes). Os tipos de projetos e iniciativas contemplados são bastante abrangentes, como por exemplo: requalificação de área urbana com foco no caminhar; redistribuição viária; programas de ruas para pessoas; urbanismo tático e participativo para qualificação de ruas; entre outros. Consulte o edital para conhecer todos os tipos contemplados. Além disso, os projetos devem ter sido realizados entre 03 de janeiro de 2012 (sanção da Política Nacional de Mobilidade Urbana) e 31 de dezembro de 2020.




4. Como se inscrever?


As inscrições são gratuitas e voluntárias, e são feitas através do formulário no link https://bit.ly/premiocc1inscricao . Para consultar todas as perguntas antes de preencher o formulário faça o download do arquivo de Word no link https://bit.ly/premiocc2021rascunho .




5. Quais são os critérios de análise dos projetos e iniciativas?


Os critérios que serão avaliados são: - Priorização do caminhar como diretriz principal do projeto ou iniciativa; - Potencial de impacto do projeto ou iniciativa na melhoria da caminhabilidade de forma contínua, ampla e duradoura; - Participação social na construção e/ou realização do projeto ou iniciativa, com etapas e métodos de participação e engajamento cidadão; - Colaboração para execução do projeto ou iniciativa, considerando a transversalidade com outras áreas e parcerias institucionais; - Inovação na proposta na promoção de caminhabilidade de forma a realizar algo inédito no contexto local.




6. Quem irá avaliar os projetos e iniciativas?


O júri é composto por especialistas na área de caminhabilidade e acessibilidade, sendo elas: Jessica Lima, engenheira civil, professora da UFAL, e especialista em transportes, acessibilidade e mobilidade urbana; Kaísa Isabel Santos, arquiteta e urbanista atuante no tema da acessibilidade e conselheira fiscal do IAB SP; Meli Malatesta, arquiteta e urbanista especializada em Mobilidade Ativa, e presidente da Comissão Técnica de Mobilidade a Pé de Igualdade; e Sonia Lavadinho, geógrafa, antropóloga e socióloga urbana portuguesa, atua pela mobilidade ativa com métodos de participação cidadã, e é fundadora da Bfluid. Conheça a equipe na página do Júri. O SampaPé!, o ITDP Brasil e a Walk21 não fazem parte da comissão avaliadora, portanto, projetos e iniciativas que tiveram sua colaboração podem se inscrever no Prêmio.




7. Quantos projetos e iniciativas serão premiados e qual é o prêmio?


Três iniciativas, uma de cada categoria, serão premiadas. E até 9 iniciativas serão finalistas. As premiadas terão seu projeto ou iniciativas documentadas em um de um mini webdocumentário audiovisual para ser distribuído online, assim como, a gravação de um episódio de podcast no Cidades Caminháveis da ONG SampaPé!, para registro e maior visibilidade dos projetos e iniciativas. Todas as finalistas receberão um certificado digital creditado pelas organizações parceiras do prêmio (Walk 21, ITDP Brasil e SampaPé!). Todos os projetos e iniciativas inscritas serão divulgadas por meio do mapa público de iniciativas e projetos para caminhabilidade nas cidades brasileiras.